• Maqnelson John Deere

Tecnologia e conectividade aumentam em 40% produtividade da fazenda Alvorada, em Tupaciguara


Plataforma permite acompanhar todos os detalhes da operação na lavoura em tempo real, reduzindo custo de produção.

A trajetória da Fazenda Alvorada, localizada em Tupaciguara, Minas Gerais, reúne dedicação ao legado e trabalho em família. Desde o início o objetivo foi “crescer no hectare”, aumentando a produtividade, e não em área plantada.


Em 2008, a fazenda passou por uma transição da agricultura convencional para a 4.0. O investimento feito em tecnologia e maquinário é percebido na produtividade. Nos últimos 13 anos, a média de sacas de soja colhidas por hectare saltou de 55 para 75 no sequeiro e 64 para 84,5 sacas na área irrigada.


De acordo com Guilherme Lopes de Almeida, produtor rural e gestor da propriedade, o resultado veio com a junção de vários investimentos. O uso da agricultura digital possibilitou trabalhar menos e com maior eficiência, pois a operação e a análise de riscos são feitas de forma inteligente, aumentando a produtividade e diminuindo os custos de produção.

“Isso fecha o melhor dos mundos, pois gastamos menos por fazer de uma forma mais inteligente, na medida que aplicamos os insumos num lugar, na dose e no momento certos, de fato, o que solo ou a cultura precisam”, comentou.

Recentemente, através do projeto Unidade de Referência Técnica (URT), a conectividade no campo possibilitou acompanhar a lavoura em tempo real. O sistema é uma parceria entre a fazenda e a John Deere (concessionário e fábrica).


A plataforma reúne os dados agronômicos e operacionais gerados pela agricultura de precisão e pelas máquinas agrícolas. O produtor pode analisar todas as etapas e observar qualquer desperdício ou mudança no planejamento da lavoura.


“O sucesso da colheita da cultura depende de um bom plantio, então a gente consegue acompanhar isso. Eu consigo saber, por exemplo, o consumo instantâneo do óleo diesel daquele equipamento. Dessa forma, a gente consegue ver em tempo real a performance da máquina, assim como todos os dados agronômicos daquela operação que está acontecendo”, acrescentou o produtor.

A tecnologia embutida nas máquinas, além de otimizar a operação, ainda evita desperdícios, reduzindo o custo de produção. Na última safra, a Fazenda Alvorada registrou uma economia de 20% no consumo de combustível .


“Isso é o resultado de um trabalho muito bem realizado pelos operadores da fazenda, em conjunto com os nossos técnicos que regulam muito precisamente as máquinas para que elas entreguem o que foi projetado para ser entregue”, ressaltou Julio Cesar Martins, gerente corporativo da Maqnelson, concessionária da John Deere.

Continue conectado com a gente e conheça todos os detalhes da Fazenda mais tecnológica do Brasil!

Fonte: Canal Rural

40 visualizações0 comentário