• Maqnelson John Deere

Rio Verde é o município de Goiás que mais produz soja. Veja os demais



Com a quebra de safra no Centro-Sul brasileiro, Goiás passou a ser o segundo maior produtor de soja do Brasil nesta temporada 2021/22, com 16 milhões de toneladas, conforme estimativa da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). A produtividade média esperada é de 3.958 kg/hectare (65,9 sacas), em uma área de quatro milhões de hectares.

Desta forma, o revezamento histórico pela vice-liderança protagonizado por Paraná e Rio Grande do Sul teve uma breve pausa. Os dois estados foram fortemente atingidos pela seca.

A título de curiosidade, os paranaenses levarão a melhor neste ano, com produção de 12,1 milhões de toneladas, enquanto os gaúchos devem colher 9,7 milhões de toneladas. Na safra 2020/21, os papeis se inverteram, quando Rio Grande do Sul registrou 20,7 mi/t e Paraná 19,8 mi/t. Mato Grosso, contudo, segue o líder absoluto, com 39,9 milhões de toneladas, aumento de 9,3% em comparação à temporada 2020/21.


Assim, vale ressaltar quais os principais municípios que deram maior destaque à produção de soja goiana, conforme os dados mais atualizados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Confira a lista (em milhões de toneladas):

Rio Verde

1.404.000

Jataí

1.060.200

Cristalina

936.000

Montividiu

496.800

Paraúna

448.500

Catalão

440.700

Ipameri

382.200

Mineiros

355.000

Chapadão do Céu

324.000

Goiatuba

288.040

A colheita de soja em Goiás já foi finalizada. De acordo com o Acompanhamento da Safra de Grãos de junho, da Conab, muitos produtores armazenaram parte da produção em silos bolsa e foram obtidas boas médias de produtividade em todas as regiões do estado, com grãos de maior qualidade, se comparada com as temporadas anteriores.




Conteúdo: Canal Rural


22 visualizações0 comentário