• Maqnelson John Deere

Operations Center: planeje, monitore e analise as suas operações no campo



Nesse post vamos falar como o Operations Center permite planejar, monitorar e analisar as operações de campo.


A gente sabe que o produtor gerencia diversos fatores no seu dia a dia, como por exemplo, pragas e doença as diferentes janelas de operação tanto para plantio, pulverização, colheita, diversos fatores meteorológicos e muito mais. E o Operations Center foi desenvolvido justamente para ajudar o agricultor nesses momentos de diversas avaliações e tomadas de decisões.


Para isso algumas ferramentas podem ajudar bastante a planejar, monitorar e analisar a sua propriedade, operações e suas máquinas.


Para planejamento, o Operations Center possui várias ferramenta como:


  • gerenciador de equipe que permite a definição das pessoas e empresas parceiras, bem como os seus acessos, a organização do cliente;

  • gerenciador de manutenção para criar as manutenções para as máquinas e receber alertas para realizá-las.

  • gerenciador de arquivo onde ficam os arquivos recebidos e enviados ao campo para que possamos gerenciá-los;

  • gerenciador de talhão que permite a criação e edição de todos os talhões da fazenda.


Outro ponto também é que através do gerenciador de talhão é possível editar limites e pistas de orientação e ainda para o planejamento há também o gerenciador de produtos, o gerenciador de trabalho e o planejador de culturas, além da geocerca e construtor de configurações.


E logo mais, nas próximas atualizações haverá novidade para o planejamento de trabalho no Operations Center. Fique ligado e conectado aqui com a gente!


Ao monitoramento temos também várias ferramentas para acompanhar as máquinas e as operações enquanto elas acontecem como, por exemplo, a tela mapa que mostra as informações das fazendas dos talhões das máquinas e das operações que temos no aplicativo além dos vários alertas e do acesso remoto ao monitor que permite ao gestor visualizar a tela do monitor da máquina em tempo real, ou seja, através de um computador, ou tablet é possível acompanhar a operação enquanto ela acontece lá no campo e dessa forma otimizá-la de acordo com as necessidades individuais de cada cliente.


Bom, agora que você já está sabendo um pouquinho das ferramentas disponíveis paras etapas de planejamento e de monitoramento, sabemos que os trabalhos realizados no campo geram vários dados, néh? E fica a dúvida sobre o que fazer com os dados, como utilizá-los. Vamos destacar as principais ferramentas que podem muito auxiliar o produtor nas analises das operações realizadas no campo. Veja:


  • primeiramente temos o analisador de talhão no qual é possível comparar diferentes camadas de mapas a partir de históricos de documentação;

  • Temos também a ferramenta analisar com informações críticas para as tomadas de decisões;

  • E por fim o analisador de máquinas que permite ao produtor visualizar e comparar os trabalhos e produtividades de suas máquinas e lembrando que todas essas ferramentas além de exporem as informações elas podem gerar relatórios detalhados também.


Com isso, o agricultor pode usar todos esses dados para entender as diferentes formas de variabilidade que existem em suas lavouras e então customizar as próximas práticas agrícolas e até mesmo aumentar a produtividade de suas lavouras e de suas operações, ou seja, estamos falando de AGRICULTURA DE PRECISÃO na prática. E temos excelentes ferramentas, não é verdade?!


Todas essas ferramentas são gratuitas e permite ao cliente tomar as melhores decisões mais rápidas e assertivas, garantindo benefícios ao longo de todo o ciclo produtivo.


Curtiu? Deixe o seu comentário e compartilhe!

Para saber mais: 0800 - 942 - 2961

10 visualizações0 comentário