top of page
  • Foto do escritorMaqnelson John Deere

Brasil terá programa nacional para produção de alimentos saudáveis

Atualizado: 11 de abr. de 2023


Investir na saúde por meio da boa alimentação. Essa é a proposta de um programa nacional voltado para estimular a produção de alimentos saudáveis que será lançado em maio pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário. Segundo a secretária executiva da pasta, Fernanda Machiaveli, a política deve ser anunciada juntamente com a apresentação do Plano Safra deste ano.


Machiaveli explica que, nos últimos anos, tem se observado a redução da diversificação dos alimentos na agricultura familiar com estímulos, por exemplo, à produção de soja por esse segmento.


De acordo com a secretária executiva, uma das frentes do programa será o desestímulo ao uso de agrotóxicos no país. "Essa também é uma agenda que a sociedade civil tem nos demandado".


"[O programa] terá uma visão de estímulo à produção de um alimento saudável, que vem da agroecologia, da agricultura familiar, que é produzido de forma sustentável e saudável", disse Machiaveli, durante seminário da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro. A agroecologia é o conceito que envolve a produção de alimentos saudáveis com respeito a aspectos ambientais, sociais e culturais.

Agroecologia e produção orgânica:

Segundo informações do Ministério do Desenvolvimento Agrário, o governo federal está reestruturando a política nacional do setor. Por exemplo, foi criado um grupo de trabalho para a reconstituição da Comissão Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica.

"Esse grupo de trabalho técnico, com membros do governo e da sociedade civil, tem até 45 dias para fazer a proposição para a reconstituição dessa nova comissão. Enquanto isso, a gente já se propõe a fazer o debate dos temas que são indispensáveis de serem discutidos e que estavam represados nos últimos seis anos", explicou o secretário executivo da comissão, Silvio Brasil.

Outra estrutura que está sendo remontada é o comitê interministerial de Agroecologia. O diretor-presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Silvio Porto, explicou que o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), relançado recentemente pelo governo federal, também deverá estimular a produção de alimentos saudáveis com sistemas agroecológicos.


O programa facilita a compra governamental de alimentos produzidos por agricultores familiares e pequenos produtores rurais.


"O [antigo] PAA já fazia um processo de diferenciação de pagamento, com sobrepreço de até 30% em relação aos produtos agroecológicos, numa perspectiva de valorização da incorporação desses alimentos. Há uma tendência de que nós retomemos essa perspectiva para essa valorização."

A secretária nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, Lilian Rahal, explica que garantir uma boa nutrição não é apenas comer mais, mas principalmente comer bem. "Às vezes, a pessoa não está com baixo peso, mas está desnutrida. Ela não tem um déficit de peso, mas tem uma deficiência de nutrientes em função da má alimentação."


Com informações da Agência Brasil


18 visualizações0 comentário
bottom of page