• Maqnelson John Deere

Agro brasileiro conquista o mundo pela sustentabilidade e qualidade dos seus produtos



O Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Marcos Montes, diz que o Brasil utiliza apenas 7,6% de suas terras na agricultura e é um dos poucos países do mundo capazes de aumentar a sua produção agrícola sem incorporar novas áreas à atividade produtiva.


Ao participar do 30º Congresso e ExpoFenabrave, em São Paulo, ele ressaltou que o agro brasileiro conquistou o mundo pela sua sustentabilidade e pela credibilidade e qualidade dos seus produtos.


“Quem tenta imputar ao agro brasileiro a culpa pelo desmatamento ilegal não está apenas propagando uma mentira de forma irresponsável. quem faz isso está deliberadamente trabalhando contra o Brasil”, destacou Montes.

O ministro lembrou que nos últimos três anos o agro brasileiro abriu mais de 200 novos mercados para os mais diversos produtos. “Não poderia haver um atestado de confiança mais forte no agro brasileiro”, disse, lembrando que hoje o Brasil é destacado pela ONU e a OMC como um país que terá um papel decisivo para a garantia da segurança alimentar global.


Marcos Montes também ressaltou que o agro é hoje o setor mais avançado da economia para enfrentar o desafio da competitividade no cenário internacional e destacou a importância da conectividade no campo para garantir o aumento exponencial da produção. Segundo ele, o aumento sustentável de produtividade é o grande diferencial do agro brasileiro.


“Juntamente com as pesquisas científicas para a melhoria de sementes, a correção do solo e o desenvolvimento de insumos mais avançados, a evolução tecnológica das máquinas agrícolas também tem sido fundamental para o aumento da produtividade na agricultura brasileira. E a rede de filiadas da Fenabrave cumpre um papel decisivo para que essas máquinas cada vez mais modernas e eficientes estejam sempre ao alcance do produtor”, disse.

O evento foi promovido pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), que reúne 52 associações de marca e, por meio delas, mais de 7,3 mil concessionários de veículos ligados aos segmentos de automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, tratores e máquinas agrícolas. Os ministros da Economia, Paulo Guedes, e do Meio Ambiente, Joaquim Leite, também participaram do congresso.



Por: Idaliana Freitas

com as informações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).


12 visualizações0 comentário