• Maqnelson John Deere

Como ter uma Agricultura Digital em todos os ciclos produtivos?



O sistema de Agricultura de Precisão da John Deere vem transformando a forma de produzir alimentos no mundo, garantindo a sustentabilidade econômica, social e ambiental dos agricultores.


Todas as informações agronômicas presentes no ciclo produtivo (planejamento, preparo, plantio, aplicação e colheita) são enviadas para o Operations Center e podem ser acompanhadas em tempo real de qualquer lugar do planeta, desde que tenha conectividade. Isso é possível porque as máquinas John Deere possuem equipamentos de agricultura de precisão de última geração, tais como: monitores geração 4, receptores Star Fire, JDLink, entre outros.


Imagem: operação do cliente

Imagem: operação do cliente




Mas afinal, como tudo isso acontece?


Com este ecossistema trabalhando, é possível ter uma agricultura digital, em que nosso cliente realiza a configuração e planejamento de forma remota, no próprio escritório, definindo a equipe, o responsável pela atividade, o equipamento que fará o trabalho, cadastrando a frota de máquinas da fazenda, os produtos (sementes, defensivo químicos e fertilizantes) e por último, o talhão com o limite a ser trabalhado no Operations Center. Desta forma, teremos a documentação agronômica completa.


Em conjunto com a configuração, o planejamento é a base para a estruturação da agricultura digital, quanto mais automatizada for a operação, melhor serão os resultados, reduzindo tempo para configurar a máquina e as atividades no campo, minimizando erros operacionais e reduzindo a pós - edição do trabalho realizado.


Com o planejador de trabalho é possível ter uma economia de tempo na cabine e uma melhor qualidade de dados documentados, por ser mais rápido, reduz o erro de input, melhora o controle do estoque e agilidade na operação.


É possível garantir a execução e monitoramento à medida que a operação é realizada no campo, identificando as causas raízes do tempo improdutivo das máquinas. Com a agricultura monitorada, o agricultor fica sabendo o status instantâneo de todos os equipamentos em operações do mapa, como por exemplo, a taxa aplicada e a qualidade do trabalho realizado. Com a autonomia, o produtor terá não apenas monitoramento, mas também execução. Além de permitir ainda analisar a qualidade e evolução do trabalho em campo. Veja no mapa:

Imagem: operação do cliente

Dentre as organizações do Operations Center, 85% delas acessaram seus mapas nos últimos 12 meses, consolidando-se como única plataforma no registro de informações do cliente, em que é permitido fazer uma avaliação entre planejado e realizado, visualizando a sequência das operações na linha do tempo.




Quer saber mais sobre a Agricultura Digital e as vantagens de ter tudo organizado, conectado no Operations Center registrado na nuvem?



👉🏻 Baixe o APP e tenha uma visão rápida e intuitiva, é fácil de usar e sem custo adicional. É só clicar e baixar: IOS ou ANDROID



📲 Entre em contato com o nosso time: 0800-942-2961 e fique conectado com a gente você também!




Por: Matheus Souza - Centro de Soluções Conectadas Maqnelson








143 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo