• Maqnelson John Deere

Ajuste ideal das máquinas pode proporcionar melhor resultado na colheita de milho



Com o início da colheita de milho em diversas regiões do país, o produtor deve adaptar as máquinas no campo para conseguir uma melhor produtividade com as lavouras.


De acordo com especialista, cada tipo de grão tem um volume de massa diferente, por isso, algumas mudanças são necessárias.


“Quando falamos em culturas diferentes, falamos de volume de massa diferentes. As esteiras do alimentador da colheitadeira precisam ser ajustadas mais para cima. Dessa forma, temos o melhor recolhimento das espigas, caso contrário, podemos até danificar as espigas, que mesmo antes de chegar na debulha da máquina já estaria se deteriorando”, ressalta.

Outro ponto importante a ser observado é a abertura e o tipo do côncavo que se usa, pois quem já colheu soja e agora vai retirar o milho safrinha, não é necessário realizar a troca do côncavo na colheitadeira, apenas fazer os ajustes das medidas.


Ajuste nas plataformas:


Para melhorar o desempenho da colheitadeira, os cuidados com a plataforma também devem ser levados em conta, segundo Luis Fernando Voigt. “É preciso que a plataforma esteja com as manutenções preventivas em dia, durante o período da colheita também devem ser respeitados os períodos de lubrificação e ainda ficar de olho nos níveis de líquidos de arrefecimento”.
O especialista ressalta, também, o fator humano que está envolvido no processo da colheita. “O operador precisa estar atento ao que está acontecendo ao redor da máquina, para extrair a melhor performance tanto plataforma quanto colheitadeira”, pontua.


Fonte: Canal Rural

4 visualizações0 comentário